primeiros socorros

A descoberta de uma infidelidade é um dos eventos mais devastadores que um casal pode enfrentar.

Por um lado, quem foi traíd@ sente-se emocionalmente arrasad@, "sem chão", com raiva, muito ferid@ pela deslealdade d@ parceir@, pensa no assunto de forma obsessiva e não consegue mais confiar em nada do que o/a outr@ fala. Vigia, investiga e pergunta para entender detalhadamente o que aconteceu e se a relação com a terceira pessoa realmente acabou. Sente-se absolutamente perdid@, sem saber mais o que é real e o que mentira. 

Por outro lado, quem foi infiel, quando demonstra intenção de continuar na relação, normalmente, sente-se envergonhad@, culpad@ e pode até dizer-se arrependido e pedir desculpas. No entanto, evita falar do assunto e irrita-se com as incessantes perguntas e acusações do parceir@. Quer "passar uma borracha" e seguir em frente o mais rápido possível.

Como cada um quer ir para um lado, um necessitando falar com frequência do assunto e o outro querendo "colocar uma pedra" e ir adiante, o casal não sai do lugar e a infidelidade vira um motivo constante de brigas, que o desconecta cada vez mais.

Nessa situação, quanto mais tempo o casal espera para se tratar, mais complicada e cheia de ressentimentos vai ficando sua relação. Por isso, é necessário buscar imediatamente terapia de casal especializada para ajudá-lo a:

- lidar de forma cuidadosa e respeitosa com a intensidade das emoções e pensamentos logo após a descoberta da infidelidade;

- ter clareza sobre os motivos e significados da infidelidade

- decidir se quer continuar junto

- reconstruir a confiança e cuidar dos pontos frágeis da relação 

Terapia de Casal

Situações de Infidelidade

- Presencial e Online